01 agosto 2008

Catálogo de abraços


De carinho, de compreensão, de encontro, de cumplicidade, de consolo, de amor, de protecção, de despedida, de respeito, de desespero, de amizade....

Todos os abraços do mundo estão reunidos no gesto de estas duas velhas maestras. É Anisia Miranda quem abraça e Antía Cal a abraçada, mas isso pouco importa, como tampouco importa o ameaçante relógio da Anisia assomando entre as mãos enlaçadas e arrugadas. O que realmente é importante é essa capacidade que tenhem os abraços de regalar a quem o necessita.

A canção que provocou este abraço inundou a cabeça da Antía de recordos e os seus olhos de lágrimas, mas bastou que a primeira delas começasse a assomar para que a velha amiga lhe desse o calor pausado do seu consolo "...estamos aqui, amiga, estamos aqui. Ainda estamos aqui."

4 comentarios:

Paco dixo...

conta algo máis. Nom sejas preguizoso. Para uma vez que escreves...

Verme Guilherme dixo...

Home!!, se para uma vez que escrevo me criticas não sei se volverei a face-lo!!!.

Ademais, se há algo mais que contar permite-me o recurso de usá-lo para outros post, a ver se te engancho.... para uma vez que comentas....

Amalia dixo...

Tus reentradas son siempre espectaculares, así que sigo viniendo de vez en cuando por si acaso...
Loa abrazos como este son como los árboles: necesitan años y años, no se improvisan, por eso mismo, sin desmerecer a los demás, son tan raros y hermosos. Ojalá algún día me den un abrazo así.
Beijos

Paco dixo...

Meu comentario era clarísimamente elogioso...